A massagem não serve só para relaxar…

A maioria das pessoas associa o relaxamento como o único resultado benéfico da massagem, mas desconhece que ela também é importante no processo de prevenção tratamento e até cura de algumas patologias. A massagem é também um instrumento de manutenção integrada da saúde.

Nascida na Índia há mais de 6 mil anos e visando proteger o corpo dos mais diversos tipos de quadros e sintomas, como: lesões, traumas físicos e emocionais, infecções, tensões musculares, dores nas costas, dores de cabeça; auxiliando também no combate a ansiedade e ao estresse.

A massagem, como terapia corporal é, portanto, um auxilio importante na integração fisiopsiquica, envolvendo o aspecto físico e emocional. No primeiro, relaxa promovendo a descontração e relaxamento muscular, o alívio de dores decorrentes da má postura e a regulação das funções vegetativas (como a circulação sanguínea e vital e o funcionamento do sistema linfático). No âmbito emocional busca regular o “tônus afetivo”, reorganizando as emoções.

Pessoas que trabalham em locais que exigem grandes esforços físico e mental, ou, que vivem na correria das grandes cidades, podem desenvolver quadros de estresse, depressão, angustia, insônia e ansiedade, para os quais a massagem pode ser de grande valia na redução destes sintomas.

Portanto o trabalho corporal através da massagem pode desempenhar um importante papel na reeducação, reorganização e no equilíbrio corporal e emocional, mostrando que seu alcance vai muito além do relaxamento.

Fonte: Viviane Neves. Massoterapeuta. SP.

Deixe uma resposta