Sempre loira com Blond Absolu

Blond Absolu

Para todos os cabelos loiros

By LUCIANO BOY

Não há uma única loira, nem uma única imagem que represente a feminilidade de todas as loiras. O loiro é contemporâneo, diverso e democrático. E agora, todas as mulheres podem ousar sem medo. Com esta inspiração a Kérastase lançou a nova coleção Blond Absolu, a primeira criada exclusivamente para o cuidado dos cabelos loiros. O Ácido Hialurônico agora nos cabelos, promovem os mesmo benefícios restauradores comprovados na pele. A Flor Edelweiss, um poderoso antioxidante, naturalmente resistente para um cuidado definitivamente luminoso. Uma gama de cuidados com quatro produtos que combinam-se em rituais para banhar, tratar e iluminar.

You dare. We care!

Visita da Lelê com direito a dicas de cabelos

A querida Alessandra Gianetti “Lelê” deu uma passadinha aqui no Homa Elite Salon para fazer a cor e cortar as madeixas. Ela é dentista e criadora do blog It yourself, vale a pena a visita!

Após isso fizemos esse video que ficou super legal, tem várias dicas de cuidados com os cabelos, assista e comente, achei que ficou bem descontraído pois não teve ensaio nem roteiro…rs

Até mais

Qual o melhor para o seus fios: Shampoo No Poo ou Low Poo?

Os shampoos No Poo e Low Poo estão sendo cada vez mais os escolhidos pelas celebs na hora de lavar os fios, uma vez que eles limpam profundamente nosso cabelo.

Como o próprio nome diz, No Poo significa que o shampoo não faz nenhuma espuma, e Low Poo que faz pouca espuma.
Os shampoos que são classificados assim possuem pouco ou nenhum sulfato – um agente de limpeza do couro cabeludo que é derivado do sal.

Os shampoos que possuem essa forma de limpeza são ideias para quem tem o cabelo seco e, em consequência, o couro cabeludo muito seco também, já que ele faz uma limpeza bem suave e preserva os fios.

Para identificar direitinho qual o ideal para os seus fios, você precisa saber as características do seu couro cabeludo.
Para os cabelos mais cacheados e secos, o No Poo é ideal e, para quem tem os fios secos, mas vê que ainda rola aquela pequena oleosidade, o Low Poo vai servir direitinho!

Ah! E se você não sabe como identificar direitinho qual seu tipo de fio, é só fazer um teste de ficar pelo menos dois dias sem lavar o cabelo e, se sua raiz ficar oleosa, você pode apostar no Low Poo. Já para os cabelos muito secos e que permanece assim mesmo quando você lava uma ou duas vezes por semana, o No Poo vai ser perfeito!

Texto: Gabriela Zavagli da revista atrevida
Quem deu as dicas: Lucianoboy, Cabeleireiro Visagista e Especialista Kérastase

http://www.atrevida.com.br/beleza/cabelo/no-poo-vs-low-poo-qual-shampoo-escolher

Modo de aplicação dos produtos para um resultado de salão

Muita gente tem dificuldade de tratar os cabelos em casa, siga este pequeno manual e veja os resultados do salão em seu banheiro.

Bain

  •   Primeira aplicação:

      É dedicada especificamente ao couro cabeludo:
  1. Após molhar os cabelos pegue uma pequena quantidade do Bain e espalhe gentilmente nas mãos úmidas.
  2. Distribua ao redor do couro cabeludo.
  3. Massageie toda cabeça com as pontas dos dedos e enxágue completamente.
  •   Segunda aplicação:

  É dedicada ao couro cabeludo e ao comprimento dos cabelos:

  1. Após enxaguar os cabelos pegue outra quantidade do Bain e espalhe novamente nas mãos úmidas.
  2. Distribua da mesma forma, ao redor do couro cabeludo e também descendo pelo comprimento e pontas dos cabelos.
  3. Massageie toda cabeça com as pontas dos dedos e, em seguida, desça com a massagem também pelo comprimento e pontas.
  4. Enxágue completamente. 

    O segundo Bain prepara o cabelo para a aplicação do creme de tratamento

Máscara

  1. Após enxaguar o último Bain retire o excesso de água com uma toalha. Deixe o cabelo enxuto.
  2. Com uma espátula retire uma pequena quantidade da máscara.
  3. Aplique nos cabelos de baixo para cima e nao leve a creme para o couro cabeludo.
  4. Pause 5 minutos.
  5. Enxágue completamente

Texturizadores

Em creme ou óleo devem ser aplicados com as mãos: o produto deve ser espalhado em pequenas quantidades com a ajuda dos dedos que precisam percorrer entre as mechas.

Os líquidos necessitam de distância para que apenas uma névoa seja aplicada sobre os cabelos.

Você sabe o que é intolerância alimentar?

Teste de intolerância alimentar

A revolução industrial na área de alimentos é relativamente recente e tem oferecido à sociedade uma grande quantidade de produtos modificados, a fim de que possam ter sua validade para consumo estendida por longos períodos de tempo.

Por outro lado, não houve tempo suficiente para que o conjunto dos nossos genes pudesse adaptar-se a essas modificações químicas introduzidas nos alimentos que compõem a nossa dieta alimentar.

Assim, não é surpresa estarmos ingerindo em nossas refeições alimentos mais ou menos incompatíveis com a capacidade que o nosso genoma possui para metabolizá-los.

Por esse motivo, a porção interna do intestino delgado, chamada “mucosa”, que é por onde todos os alimentos são absorvidos para dentro do corpo, em condições normais não permite que esses alimentos incompatíveis cheguem à nossa circulação sanguínea.

Mas essa barreira algumas vezes não é suficiente para blindar nosso corpo e esses alimentos indesejados acabam adentrando à nossa corrente sanguínea. Com isso, o sistema imunológico que nos defende é recrutado e começa a produzir anticorpos contra esses elementos estranhos. São as chamadas “imunoglobulinas G”, responsáveis por um tipo de reação imunológica chamada “hipersensibilidade retardada”, que consegue livrar o nosso corpo de muitos ataques do ambiente em que vivemos.

As imunoglobulinas ligam-se aos alimentos incompatíveis, formando moléculas grandes chamadas “complexos antígeno-anticorpo”, que ficam circulando livremente pelo sangue.

Uma outra célula importante do nosso sistema imunológico, chamada “macrófago” encosta no complexo antígeno-anticorpo e, através de movimentos amebóides coloca-o para dentro do seu citoplasma, num processo chamado “fagocitose” e, graças aos enzimas que possui, em poucos minutos destrói totalmente o inimigo. Isto ocorre se a quantidade de complexos for pequena.

Se, por outro lado, a pessoa ingerir uma quantidade desproporcional desses alimentos, não haverá macrófagos suficientes para fagocitar todos os complexos antígeno-anticorpo formados e aqueles que restarem continuarão a circular na corrente sanguínea.

E, mais cedo ou mais tarde, acabam se depositando na parede interna de algum vaso sanguíneo, originando imediatamente um processo inflamatório, o grande responsável pelos sinais e sintomas causados pela “intolerância alimentar”. Se essa inflamação ocorrer no intestino, o paciente apresentará um quadro clínico relacionado ao sistema digestivo, relatando empachamento, gases em excesso, dor abdominal, azia, episódios de diarreia alternados com prisão de ventre, etc, em tudo levando ao diagnóstico de “síndrome do

cólon irritável”, com prescrição de ansiolíticos que dificilmente levarão à cura do paciente, pois a causa de sua doença não está sendo atacada.

Se a inflamação situar-se nos vasos sanguíneos do sistema respiratório alto, o paciente manifestará queixas relacionadas às vias aéreas superiores (coriza, espirros frequentes e outros tantos), ensejando o diagnóstico de diferentes tipos de “alergia” que o paciente vai carregando ao longo de sua vida.

Na pele, essa inflamação provoca dermatites que também acompanham o paciente por muitos anos. Síndrome

do pânico, enxaqueca, doenças autoimunes e muitas outras doenças crônicas têm desafiado os médicos no tratamento de seus pacientes e puderam ser curadas apenas pela retirada dos alimentos incompatíveis da dieta alimentar.

Na hipersensibilidade retardada, nosso organismo leva cerca de quatro dias para produzir os anticorpos contra esses antígenos alimentares e por isso o paciente acaba não correlacionando seus sintomas com os alimentos que ingeriu dias atrás. Por isso, eles continuam ingerindo-os, aumentando a gravidade do processo. A finalidade única deste teste de intolerância alimentar é pesquisar a presença de imunoglobulina G para cada um 221 diferentes alimentos relacionados.

Se houver incompatibilidade para qualquer alimento, o laudo indica a quantidade de IgG para cada um dos alimentos para ele incompatíveis.

Paulo Grimaldi, MD, PhD -Laboratório Pathos

Clique aqui e conheça o site do laboratório Pathos

Sim ao tratamento com suplementos

Uma força para o crescimento dos fios


Muitas pessoas estão preocupadas com a queda e o enfraquecimento dos seus fios de cabelo.
Estudos dizem que dietas inadequadas, estresse e alterações hormonais são as principais causas desses problemas, e uma alternativa é o tratamento com suplementos alimentares (não remédios!) que agem no organismo e fortalecem os fios.

PantogarViviscal e Ineov são multivitaminicos de sucesso, que proporcionam um crescimento saudável desde o interior do bulbo. Para experimentá-los você precisará de certo investimento (o tratamento para um mês custa de R$80,00 a R$120,00) e paciência, já que os resultados aparecem a partir de 3 meses. O Viviscal, por exemplo, tem sido usado por top models como Karlie Kloss, Arizona Muse, Carol Trentini. Um sucesso em Nova York.

O mais legal de toda essa história é não ter que ingerir remédio para ficar mais bonita! Mesmo assim, é bom consultar sua dermatologista e confirmar a indicação. Você encontra os produtos online ou em farmácias.

 

Colaboração: Camila Coutinho 

 

Ondas e cachos sem frizz com Discipline Kérastase

Ondas e cachos com disciplina e movimento

Um dos maiores inimigos das mulheres que tem cabelos ondulados ou cacheados são os malditos frizz. Sabe aqueles cabelos arrepiados que não abaixam de jeito nenhum? Pois é, estes fios não ficam arrepiados, como pensam as mulheres, por falta de nutrição, hidratação ou porque quebraram. Durante o processo de nascimento e crescimento, principalmente nos primeiros meses de vida, estes cabelinhos são muito finos, por esse motivo as pontas ficam leves e indisciplinadas.

Além disso, as cutículas são irregulares e o formato é achatado resultando em um fio indefinido que contribui para o efeito flow.

Para resolver os problemas dos cabelos ondulados a Kérastase criou a coleção Discipline Fluidealiste que tem ação anti frizz e anti-umidade por até 72 horas.

Para os cabelos cacheados a coleção Discipline Curl Ideal que ajuda a definir os cachos com movimento natural.

Algumas dicas especiais para ajudar no seu dia a dia com os cachos

  1. Antes de lavar os fios aplique de um ou dois pumps de Elixir Ultime Oléo Complexe.
  2. Este é o melhor momento para desembaraçar.
  3. Molhe o cabelos e aplique o bain como uma base, distribuindo em pontos.
  4. Massageie suavemente o couro com movimentos circulares.
    Enxague, repita a operação e espalhe a espuma até as pontas sem esfregar.
  5. Enxágue, retire o excesso de água com uma toalha e aplique o Fondant ou Mascara no comprimento e pontas.
  6. Utilize uma escova do tipo paddle para desembaraçar suavemente.
  7. Deixe 5 minutos de pausa.
  8. Enxágue abundantemente e seque com uma toalha ou camiseta de algodão.
  9. Aplique o creme finalizador.
  10. Para deixar secar natural: Fluidissime para ondulados e Oléo Curl para cachos.
  11. Para escovar: Masqueratine e L’incroyable Blowdry

Para mais dicas visite outras paginas aqui no blog.

 

Elixir Ultime Oléo Complexe. Nutrição e brilho extremo

Um blend de oleos Preciosos

 

Seu desejo é sentir seus cabelos brilhantes, macios e com o frizz controlado. O novo Elixir Ultime Oléo Complexe da Kérastase é um blend de óleos preciosos que promove um toque macio e um efeito sublime. O Elixir Ultime é um óleo versátil indicado para todos os tipos de cabelos. Enriquecido com óleos preciosos como o óleo de Argan que regenera a fibra capilar, o óleo de Camélia que proporciona brilho intenso, óleo de Pracaxi que dá força e resistência e óleo de Gérmen de Milho para nutrição profunda.

Aplicação

Aplique entre um e dois pumps uniformemente sobre os cabelos úmidos e em todo o comprimento, começando pelas pontas e massageando delicadamente.

Pode ser usado como um leave-in para secagem natural ou para texturizar o cabelo antes ou depois da escovação.

Conheça um pouco mais sobre a Kérastase

Diagnóstico personalizado Kerastase

 

O diagnóstico personalizado Kérastase consiste em uma série de procedimentos realizados pelo expert K que avalia as condições do couro cabeludo e fios com a finalidade de descobrir as duas principais necessidades de tratamento.

O diagnóstico K permite a escolha dos rituais de tratamento que serão realizados no salão e também a recomendação de um programa a ser realizado em sua casa.

Venha conversar e conhecer as melhores soluções personalizadas para você.

Agende seu horário 11 5093-7503 / 5093-7504
Av. Rouxinol, 115 | Moema | SP

Pastelage color

 

Cada vez mais mulheres desejam os tons vibrantes em seus cabelos e a L’Oréal Paris lançou uma paleta de cores chamada #Colorfulhair, um tipo de coloração direta (sem oxidante), temporária, sem amônia, que pode ser aplicada em qualquer cabelo, sem medo!

São oito nuances que podem ser misturadas entre si para criar infinitas possibilidades: pastel, arco-iris, sereia, unicórnio. A paleta de cores é inspiradas no mundo da maquiagem e sua fórmula é uma mistura de pigmentos com agentes condicionantes que resultam em uma textura gel de fácil aplicação.

Quem já tem cabelos claros com as pontas mais claras, a nova tendência é a  pastelage, uma variação de tons pasteis aplicadas diretamente nos fios com técnica de balayage. A grande vantagem é a versatilidade, pois como é um pigmento direto, a cor vai saindo suavemente e mudando. Depois é só experimentar outra cor.

Vamos nessa?