DIGA NÃO AO DESTOMBAMENTO DO ENTORNO DO PARQUE DO IBIRAPUERA

Queridos amigos e clientes,

O entorno do Parque Ibirapuera foi tombado em 1997 pelo CONPRESP (Conselho de Preservação do Patrimônio Histórico e Cultural de São Paulo) protegendo a região de modo perene das investidas imobiliárias e de outras quaisquer garantindo a preservação do valor histórico, cultural, ambiental e urbanístico de um dos pulmões da cidade. Dentre as diretrizes da resolução, hoje, as edificações construídas ou reformadas nesse perímetro não podem ter mais de dez metros de altura (três andares).
Há risco do CONPRESP votar pelo destombamento desautorizando sua própria resolução. Esta não é a primeira tentativa do CONPRESP, em 2004/2005 uma ação semelhante não foi bem-sucedida. Após dois anos de estudos urbanísticos e ambientais e de pressão da Associação de Moradores da Vila Nova Conceição, Sociedade dos Amigos do Jardim Lusitânia e Movimento Defenda São Paulo, apoiados por inúmeras associações de moradores e entidades ambientalistas.

Se essa nova tentativa do Conselho for adiante, será permitida a construção de prédios de 54 metros de altura residenciais ou comerciais provocando uma corrida imobiliária no perímetro mais valorizado de São Paulo. O destombamento destas quadras comprometeria definitivamente toda a infraestrutura viária, fluvial e ambiental da região atingindo também bairros adjacentes e prejudicando irremediavelmente toda a população que hoje faz uso do Parque do Ibirapuera.

O destombamento do entorno do Parque do Ibirapuera envolve sérias questões urbanísticas e ambientais para a região que estão sendo ignoradas por quem deveria considerá-las em primeiro lugar.

O Comitê de Empresários e a Associação de Moradores da Vila Nova Conceição convida você a DIZER NÃO AO DESTOMBAMENTO DO ENTORNO DO PARQUE e a mobilizar as autoridades e seus órgãos competentes.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.